segunda-feira, 27 de outubro de 2008

CONCERTOS: dEUS no Teatro Sá da Bandeira

Nem três meses separaram a gloriosa actuação dos dEUS em Paredes de Coura e este regresso a palcos nacionais. Na terça-feira passada, o Sá da Bandeira encheu para acolher Tom Barman e companhia, dois dias depois de cenário idêntico na Aula Magna, em Lisboa. E não há dúvida que estes belgas estão em grande forma. De resto, que os dEUS são uma grande banda já todos sabíamos; que têm um pequeno culto em terras lusas, onde já actuaram dezenas de vezes, também; que trazem no reportório algumas das canções que nos acompanham para todos os lados, idem aspas. Por isso mesmo, a "única" coisa que este concerto vem provar é que Vantage Point, editado em Abril, é um dos seus melhores álbuns, conseguindo mesmo a proeza de ser responsável por alguns dos pontos mais altos da noite, como "Slow", "The Architect" ou até "Smoker's Reflect".
Em comparação com Paredes de Coura, este foi sem dúvida um concerto mais contido e intimista. Alternaram-se, como sempre, momentos de grande pujança sónica ("Fell Off The Floor, Man" ou "Theme For Turnpike", por exemplo) com algumas "baladas" mais serenas ("Little Arithmetics" foi uma bela surpresa), mas foram estes últimos que acabaram por dominar a noite, sobretudo na recta final, pelo que se perdeu um pouco da força inicial. No entanto, a magnífica sala do SdB, a acústica muito acima da média e a simpatia do anfitrião tornaram a noite, no mínimo, especial. Depois de "Suds & Soda", a última canção antes do encore, não foi preciso muito para exigir um retorno ao palco. E pode-se dizer que os dEUS foram generosos: "Magdalena", "Oh Your God", a inevitável "Roses", mas sobretudo, mesmo a acabar, possivelmente o meu tema preferido deles: "Morticiachair". Muito "obrigá" e voltem sempre!

>> Fotos do concerto no Gémeos e Saltos Altos

4 comentários:

gonn1000 disse...

Foi como o de Lisboa, então, que também superou o (já de si muito bom) concerto de Paredes de Coura. Só não concordo é que "Vantage Poin" seja dos melhores deles, mas é um bom disco.

Bordello disse...

;)

O Puto disse...

Grande concerto! Tocaram mais temas que em Lisboa. :p Obrigado pela companhia. Abraço!

John The Revelator disse...

Foi, de facto, um excelente concerto, tal como a companhia. Abraço.